Contato




Página no Facebook: Mulher Alienígena no Face

 


Perfil no Gmail: Mulher Alienígena





Email: lucianahermenegildo@gmail.com


lucianahermenegildo@gmail.com

Um comentário:

  1. Olha, eu conheço mais de uma brasileira que vive há mais de 20h anos casadas com indianos e são muito felizes lá. Enquanto,conheço brasileiras que casaram com brasileiros e foram vítimas de altos golpes.Outra coisa, as brasileiras que conheço casadas com indianos, casaram no civil,tanto no Brasil,quanto na Índia. Aqui no Brasil eu conheço pessoas que não possuem certidão de nascimento,mas isso não é regra,isso é exceção.Lembre que tem muitos indianos que gostam de viver nos EUA e daí tem que ter certidão de nascimento para tirar o passaporte americano. É preciso ter cuidado nas informações que a gente repassa ,porque quando você não toma os cuidados necessários é arriscado tomar qualquer decisão,principalmente,casar com qualquer homem,seja ele indiano ou não. No entanto ,casar com um estrangeiro tem lá suas vantagens, porque você pode contratar um advogado aqui mo Brasil e pedir para ele redigir um contrato de casamento e nele explicitar tudo o que você quer daquela relação, inclusive, você pode deixar bem claro que viverá na Índia,por exemplo,mas deverá ser tratada segundo as leis brasileiras pelo seu marido indiano,no caso do exemplo.Nesse contrato,inclusive, você pode botar até que é ele que pagará todas as despesas da casa, terá que te dá uma mesada,mesmo que você trabalhe, enfim,você pode botar tudo mesmo pra se garantir. Esse documento deve ser entregue e reconhecido pelas duas embaixadas dos respectivos noivos,no caso Brasil e Índia.É o seu marido estrangeiro tem que respeitar o que está no documento sobre risco de responder a processo ou ser até preso.Agora,se a brasileira inventar de casar também na religião do indiano aí a coisa complica porque na Índia existe Tribunais de algumas religiões que atuam como um Corte da Justiça Comum. Então, não há como não estar subjugada ao mesmo.Acredito que isso você também possa botar no contrato que eu citei de não estar subjugada a esse tribunal religioso mesmo tendo casado na religião a qual ele legisla.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...