quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Fica

De tudo o que a vida traz e leva,
Ouso a dizer que nem tudo fica.
Beleza se degenera,
Olho, sentido, crítica.

Amor fica.

Poema de Shakespeare



Soneto 116

"De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou."  




Love Sonnet 116

Let me not to the marriage of true minds Admit impediments; love is not love Which alters when it alteration finds, Or bends with the remover to remove: O, no, it is an ever-fixèd mark, That looks on tempests and is never shaken; It is the star to every wand'ring bark, Whose worth's unknown, although his heighth be taken. Love's not Time's fool, though rosy lips and cheeks Within his bending sickle's compass come; Love alters not with his brief hours and weeks, But bears it out even to the edge of doom. If this be error and upon me proved, I never writ, nor no man ever loved.

William Shakespeare

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Afeto de quentura

Resultado de imagem para casal apaixonado cama

Todos os dias desejo o mesmo despertar:
Observando seu olhar se abrindo
E sorrindo ao me mirar.

Os verdes sedutores, com cada significar:
Se feliz, sempre vibrantes,
Se triste, vão desbotar.

Reconheço e preciso da sua temperatura
Quando se enrosca em mim 
E me agarra a cintura.

Seus lábios encantam-me a sorrir,
E quando me beijam sorrindo,
Não posso resistir!

Sua barba, cheiro e toco a atrapalhar,
Deixando-o sempre elegante
Diante do meu olhar.

Segure minhas mãos e me leve, criatura!
Agarre-me para sempre assim
Nesse afeto de quentura!

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Priorizar-se é doar-se

Imagem relacionada

Aprendi a ser muitas coisas, e aprendo todos os dias. Estou aprendendo ainda a lidar com o outro e suas necessidades. Há alguns que tem maiores exigências e demandas, outros não. Mas o mais importante, aprendi que não é possível atender a todas as exigências dos outros, e nem é o meu dever. Não é meu dever suprir as carências dos que ainda não se desenvolveram, por que eu também tenho muitas carências e subdesenvolvimentos. Não é o meu fardo estar disponível para qualquer um que suponha merecer a minha disponibilidade, mesmo que eu queira.

A raposa disse que somos eternamente responsáveis por aqueles que cativamos. Justo, a partir do momento em que nos comprometemos. Compromisso quer dizer, Goste de mim, eu gostarei de você e vamos construir uma relação dessa forma, até que um de nós decidamos romper o contrato. 

Porém, há alguns que precisam demais e de coisas que o outro não se comprometeu a dar,  e nem deu liberdade para que fosse cobrado. Há pessoas que julgam possuir direitos sobre o tempo, a atenção e o carinho do outro, e que esses sejam fornecidos da maneira em que achem adequada. Há pessoas que se magoam com a ausência, o silêncio. Mas, preciso dizer, não é possível suprir todas as necessidades, neném!

Pessoas como eu, possuem a cabeça ocupada por emaranhados de pensamentos a cada décimo de segundo. Abrir os olhos é sinal de uma atividade incessante, não que dormir cessasse essa atividade, quando é possível dormir. Ao fim do dia, a exaustão ocupa lugar de tudo, e o universo já passeou pelos meus pensamentos, com seus problemas, suas questões, suas possíveis soluções. Pensamentos, muitas vezes inúteis para muitos, sobre questões humanas. Como é possível me concentrar e dar a cada um que conheci nesse mundo a atenção que talvez suponham merecer? Isso não quer dizer que eles deixem de passar pelos meus pensamentos, nem que não os queira bem ou que a cada vez que surjam em minha mente eu não lhes deseje profunda felicidade. Só quer dizer que não é possível dar a todos o que cada um sente merecer e ter direito. 

Isso também não quer dizer que há muitas pessoas que necessitem de mim, na verdade, são pouquíssimas. Mas, no desenrolar da existência, precisamos eleger alguns que passarão maior tempo e dividirão todas as reflexões, problemas e soluções conosco, com quem devemos realmente ter um compromisso maior de presença e troca.

Para os cristãos, há a famosa frase, "ame a seu irmão como a si mesmo". É um conceito altruístico, mas que não exclui a individualidade. Se eu não cuidar de mim, da minha individualidade, das minhas necessidades, que só eu conheço, as físicas, as emocionais, as financeiras, todas elas, se eu não estiver inteira, como seria possível dar de mim para alguém? Eu tenho os mesmos direitos que o outro, nem mais nem menos, e eu devo ser a primeira a lutar por eles, sem ser julgada por isso.

Cuidar de si e assumir suas necessidades e suas incapacidades, não é ser egoísta; é ser humano e correto. É ser transparente e justo. É criar a capacidade de doação verdadeira.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...